Passar para o Conteúdo Principal

Garrafas de vinho da região mergulham na baía de Sines

980vinho 1 980 2500
23 Maio 2018

A APVCA – Associação de Produtores de Vinho da Costa Alentejana vai dar continuidade ao projeto “Vinho do Mar”, com o mergulho de mais 700 garrafas de vinho no fundo da baía de Sines, numa operação a realizar no dia 29 de maio, às 10h30.

Os produtores representados, com vinhas e adegas situadas nos concelhos de Alcácer do Sal e Grândola, são os seguintes: HB - Herdade da Barrosinha; A Serenada, HPC - Herdade de Portocarro e Pego da Moura.

Os vinhos (IG Península de Setúbal) que serão colocados no mar são, respetivamente, HB Verdelho 2017 e HB Tinto 2016, Serras de Grândola Verdelho 2016, Geronimo 2017 e Alfaiate 2017.

É a segunda vez que a APVCA promove um estágio de 6 meses com vinhos de alguns dos seus associados. A experiência anterior decorreu entre setembro de 2016 e abril de 2017 e teve como resultado vinhos com características únicas.

Os vinhos serão colocados a uma profundidade de 10 metros, acondicionados em grades, desenhadas e construídas para este efeito, de modo a permitirem a deposição de vida marinha no exterior das garrafas.

Durante estes 6 meses, as garrafas ficarão em condições de ausência de luz e de uma temperatura aproximada de 15 graus.

Os produtores de vinho envolvidos neste projeto estão na expectativa de poderem vir a confirmar a grande diferença na prova organolética entre os vinhos com e sem este estágio.

Na primeira experiência verificou-se grande exuberância nos aromas e na complexidade destes vinhos, os quais apresentaram características sensoriais de vinhos com maior definição, o que leva a acreditar que um estágio nas condições indicadas permitirá obter um produto diferenciado.

Os vinhos serão posteriormente comercializados com a marca registada e propriedade da APVCA “Vinho do Mar”.

A Câmara Municipal de Sines apoia a iniciativa.