Passar para o Conteúdo Principal

Logotipo Festival Musicas do Mundo Sines

O Festival

O FMM Sines - Festival Músicas do Mundo é um festival de música realizado no concelho de Sines, Costa Alentejana, Portugal, todos os meses de julho. Organizado pela Câmara Municipal de Sines, é um festival de serviço público cultural povoado por espectadores-descobridores. Adotando “Música com espírito de aventura” como assinatura, define-se por uma programação exigente apresentada em cenários históricos e urbanos de grande beleza e autenticidade, próximos de uma costa com paisagem protegida. 

Fogo de artifício

Criação

O festival foi criado em 1999 com o objetivo de valorizar o Castelo de Sines, ligado à biografia do navegador Vasco da Gama, através de um acontecimento que mostrasse a diversidade das expressões musicais do mundo. Hoje, o festival ultrapassa fisicamente as fronteiras do Castelo e dar a descobrir é a sua filosofia.

Conceito

A programação do FMM abarca a largueza da “world music” e transcende as suas fronteiras. Abre-se à folk, ao jazz, à música alternativa, à fusão e às músicas urbanas. Mais do que um festival de “world music” ou música de raiz tradicional, o FMM Sines é um festival que procura as músicas do mundo reais como são feitas e vividas no nosso tempo: músicas miscigenadas, marcadas pelos contactos entre artistas de origens geográficas e culturais diferentes, devedoras dos movimentos de ideias e pessoas que definem a contemporaneidade.

Avenida Vasco da Gama

Localizações (+info)

O festival realiza-se nos centros históricos de duas localidades do concelho de Sines: a cidade de Sines (palcos do Castelo, da Avenida Vasco da Gama, do Centro de Artes de Sines e do Largo Poeta Bocage) e a aldeia de Porto Covo (palco do Largo Marquês de Pombal).

Historial (+info)

Entre 1999 e 2016, o festival recebeu cerca de 1 milhão e 30 mil espectadores. Realizaram-se 476 concertos, em que atuaram mais de 2750 músicos, oriundos de mais de 100 países e regiões.

Alguns dos artistas que já passaram pelo FMM: Taraf de Haidouks, Black Uhuru feat. Sly & Robbie, Hedningarna, Kronos Quartet, The Skatalites, Tom Zé, Femi Kuti, Hermeto Pascoal, Marc Ribot, Master Musicians of Jajouka, Trilok Gurtu, Toumani Diabaté, Mahmoud Ahmed, Gogol Bordello, Rokia Traoré, Asha Bhosle, Debashish Bhattacharya, Lee 'Scratch' Perry, Tinariwen, Ebo Taylor, Vishwa Mohan Bhatt, Mari Boine, Oumou Sangaré, Béla Fleck, Hugh Masekela, Mulatu Astatke, Angélique Kidjo, Salif Keita, Danyèl Waro e Billy Bragg.

Oumou Sangaré e Béla Fleck

Reconhecimento 

  • Iberian Festival Awards 2017 - Melhor programa cultural (Portugal e Espanha)
  • Iberian Festival Awards 2017 - Melhor grande festival (Portugal)
  • Iberian Festival Awards 2017 - Melhor promoção turística (Portugal)
  • Iberian Festival Awards 2016 - Melhor alinhamento (Portugal e Espanha)
  • Iberian Festival Awards 2016 - Melhor grande festival (Portugal)
  • Iberian Festival Awards 2016 - Melhor programa cultural (Portugal)
  • Europe for Festivals, Festivals for Europe - EFFE Label 2017-2018
  • Europe for Festivals, Festivals for Europe - EFFE Label 2015-2016
  • Prémio Turismo do Alentejo 2012 - Melhor evento
  • Prémio Turismo do Alentejo 2011 - Melhor evento
  • Prémio Mais Alentejo 2016 - Mais Sensação
  • Songlines +25 of the Best International Festivals – 2010, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015