Passar para o Conteúdo Principal

Logotipo Festival Musicas do Mundo Sines

Gaiteiros de Lisboa (Portugal)

20 de Julho de 2019
Gaiteiros de lisboa 1 970 2500
Porto Covo - Palco INATEL, Lg.º Marquês de Pombal | 21h00 | Entrada livre

Estávamos em 1991 e a música portuguesa recebia um choque chamado Gaiteiros de Lisboa. De um lado, veteranos das músicas de raízes, com memórias de Giacometti e afinidades com José Afonso, Fausto, José Mário Branco. Do outro lado, músicos das cenas pop, rock, jazz, que traziam para a tradição novas abordagens. Quase 30 anos depois, os Gaiteiros mudaram, mas continuam a ser "outra coisa". Da formação inicial, mantêm-se Carlos Guerreiro e Paulo Tato Marinho. Entram Miguel Veríssimo, Miguel Quitério, Paulo Charneca e Sebastião Antunes. A gaita-de-foles e as polifonias vocais estão no centro de tudo. Um disco, "Bestiário", marca o início do novo capítulo.

Alinhamento

Carlos Guerreiro: voz, sanfona, percussões
Paulo Marinho: aerofones
Miguel Quitério: voz, aerofones
Sebastião Antunes: voz, bombo
Miguel Veríssimo: voz, clarinete, bombo
Paulo Charneca: percussões